(11) 4266-0513 (11) 4249-0221 (11) 97011-0268 (11) 94797-6909

Internação psiquiátrica involuntária como proceder?


Data: 24/04/2017 Categoria: Saúde / Voltar

Internação psiquiátrica involuntária como proceder?

Internação involuntária, Psiquiatria, Procedimentos

Para algumas pessoas esse tipo de internação pode parecer um meio bruto e ríspido, já que nesses casos a maioria dos pacientes não quer ser internadas por conta própria e fazem verdadeiros escândalos quando isso acontece.

Isso acontece com o paciente dando muitos gritos, esperneando, protestando e se houve até pedidos de socorro. Mais é bom deixar bem claro de que tudo isso é feito e previsto em lei própria que é a Lei de Saúde Mental. Que rege todos os casos dessa magnitude.

Quais os procedimentos legais usados nesse tipo de internação?

Os procedimentos legais são feitos através de laudos obtidos pela observação de médicos especialistas em saúde mental, onde os mesmos atestam que o paciente pode causar risco de vida para ele própria assim como para terceiros.

São feitos exames mais específicos para não se cometer abuso de poder ou autoridade com pessoas que já sofrem de distúrbios mais graves, e a partir daí são elaborados laudos detalhados para que então seja tomada as decisões legais por um juiz de direito.

Onde podem ser internados?

Geralmente essas internações precisam ser feitas em locais onde tragam paz e sossego para esses pacientes, já que quando isso acontece é porque os mesmos já estão muito transtornados e perturbados.

Isso é feito em hospitais psiquiátricos e clínicas especializadas em especial para estes casos que requer um cuidado e um conhecimento mais aprofundado, já que é necessário que se tenha uma segurança maior para que se evite que seus pacientes escapem.

Em boa parte desses internamentos as pessoas podem ficar internadas por um bom tempo, e para isso é necessário se caso for, em clínicas particulares desembolsar um bom dinheiro, já que estes mesmos tratamentos custam bem caro.

Já nos hospitais psiquiátricos são públicos, ou seja, fornecem o tratamento gratuitamente, mais a qualidade ainda deixa muito a desejar.

O que uma clínica de recuperação precisa para funcionar?

É necessário acima de tudo ter a licença necessária para o funcionamento, ou seja, ter um alvará de funcionamento, dado após ser feito uma vistoria muito grande e bem feita nas instalações, para saber se as mesmas oferecem o que é preciso para estes tipos de casos.

A sua infra-estrutura é muito importante, já que precisa ter um espaço amplo para poderem ser feitas as atividades necessárias dos dia a dia, saber quais os profissionais estão empenhados em trabalhar, saber com detalhes o corpo de funcionários do estabelecimento.

Estes são alguns dos pontos importantes os quais devemos saber sobre este internamento que pode chagara a causar espanto para algumas pessoas que são leigas no assunto. Mais vimos também os cuidados para um bom funcionamento desse tipo de clínica funcionar adequadamente.

*Nome:
*E-mail:
Telefone:

Mensagem