(11) 4266-0513 (11) 94797-6909
Chamar pelo WhatsApp

Como Funciona a Internação Voluntária e Involuntária .Entenda a Diferença e o Tratamento


Como Funciona a Internação Voluntária e Involuntária .Entenda a Diferença e o Tratamento

Entenda a diferença, funcionamento e o tratamento para internação voluntária e involuntária agora. Ter um dependente químico na família não é fácil. A vontade de ajudar é enorme, mas nem sempre sabemos o que fazer. Idealmente, gostaríamos de convencer o dependente a procurar, por si mesmo, ajuda para abandonar o vício, recorrendo à internação voluntária, se necessário.

Entretanto, muitas vezes, ele não percebe as perdas resultantes do vício e se nega a admitir que está vivendo um problema. Em um momento de crise, pode se tornar perigoso para si mesmo e para os que vivem ao seu redor. Nesse caso, a família, cheia de dúvidas, passa a considerar a internação involuntária.

Não importa o caminho tomado. A família deve fazer o possível para apoiar o dependente e auxiliá-lo no processo de cura e recuperação da sobriedade. Para ajudar nesta difícil etapa, vamos conhecer um pouco mais sobre a internação de dependentes químicos.

O que é a internação voluntária?

É quando o próprio dependente toma a iniciativa de buscar tratamento em uma clínica especializada. Essa decisão tende a ser menos traumática para a família e mostra que o dependente tem consciência do tamanho do seu problema.

O que é a internação involuntária?

É quando familiares com vínculos de consanguinidade tomam a decisão de internar o dependente químico que está incapaz de fazer escolhas para a própria vida. Para isso, assinam uma autorização permitindo o tratamento, que só será iniciado após uma criteriosa avaliação médica.

Por mais radical que essa decisão possa parecer, a internação involuntária é um procedimento amparado pela lei. Diversas clínicas são autorizadas legalmente a prestar esse serviço, contando com ambulâncias e profissionais qualificados para levar o dependente até suas instalações.

O dependente pode abandonar o tratamento?

Quando o dependente é internado (voluntária ou involuntariamente), é elaborado um plano terapêutico no qual são detalhados os objetivos da internação, bem como o tempo previsto para o tratamento. Como Funciona a Internação Voluntária e Involuntária .Entenda a Diferença e o Tratamento

Somente quem autorizou a internação pode permitir que o tratamento seja interrompido contrariando ordens médicas. Assim, no caso da internação voluntária, o paciente pode desistir de permanecer na clínica quando quiser. Porém, no caso da autorização involuntária, é preciso que o responsável legal pelo dependente assine uma nova autorização de liberação.

Como a internação funciona?

Durante a internação, o dependente se mantém afastado das drogas em que era viciado. Ele recebe cuidados em tempo integral durante todo o período de internação, que pode ser curto (algumas poucas semanas) ou longos (6 meses ou mais).

O processo de desintoxicação é, normalmente, acompanhado por crises de abstinência nas quais o corpo sofre com a falta da substância que causou o vício. Por essa razão, o acompanhamento médico é fundamental para o processo de cura.

Ao final do tratamento, o dependente deve estar reabilitado à vida em sociedade e capaz de se recuperar das perdas causadas pelo vício. Vale ressaltar que, embora o período de internação tenha terminado, é preciso manter um cuidado constante para evitar recaídas.

A Clínica de Recuperação Prime atua com diversas unidades em todo Brasil, procure orientação com um de nossos profissionais.

Os tratamentos oferecidos por nossas clínicas de reabilitação de dependência química são realizados por profissionais da área da saúde e social, tais como: técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos, psiquiatra, psicólogos, assistentes sociais, etc.

Algumas clínicas realizam internações involuntárias,com a autorização e solicitação da família.

Atendemos todos dias nos telefones do site e também via chat online e WhatsApp. Não deixe de nos procurar !

Entramos em contato

Blog

Como Funciona a Internação Voluntária e Involuntária .Entenda a Diferença e o Tratamento

Como Funciona a Internação Voluntária e Involuntária .Entenda a Diferença e o Tratamento

Entenda a diferença, funcionamento e o tratamento para internação voluntária e involuntária agora. Ter um dependente químic

Como Lidar com Casos de Dependência Química na Família

Como Lidar com Casos de Dependência Química na Família

Saiba como lidar com casos de pessoas dependente química em sua família. Tudo começa com o hábito de “experimentar” um po

Porque Ajudar Alguém com Dependência Química Também é Minha Responsabilidade?

Porque Ajudar Alguém com Dependência Química Também é Minha Responsabilidade?

Dependência química nos dias de hoje é uma triste realidade. Pensando sobre o assunto , e como ajudar, podemos

Aceitamos diversos planos de saúde consulte
Planos de saúde