(11) 4266-0513 (11) 94797-6909

Dependência Química e Saúde Mental

Em suma, os dependentes químicos não assumem por si só a dependência. A ideia de ver um parente ou até mesmo internar-se em uma clínica de reabilitação soa como um pesadelo para muitos. Entretanto, clinicas especializadas para esse tipo de tratamento são importantes para o processo de cura do vício, em um dado momento em que já não é possível passar pelo processo sozinho. Nós da Clínica de Reabilitação Prime somos especializados para ajudar na cura da dependência química para que o adicto possa obter saúde mental. Contamos com uma grande casa de acolhimento, bem arejada e repleta de terapias para quem está querendo se livrar de um vício. 

Dependência Química é um padrão de uso geralmente intenso que envolve um descontrole sobre a quantidade e a frequência com que se consome a droga, seja ela licita ou ilícita. Alguns critérios definem de forma bem clara essa condição. São diversos mecanismos que levam as pessoas a se tornarem dependentes. Assim, dependência é uma relação alterada entre um indivíduo e o seu modo de consumir uma substancia, sendo capaz de trazer problemas para seu usuário. 

Pois bem, muito se associa ou desassocia a relação de dependência química com saúde mental. Na realidade a dependência química é uma doença mental. É uma doença que afeta o cérebro, onde se encontram os comandos comportamentais do indivíduo. 

Assim como os transtornos psiquiátricos a dependência é uma doença do cérebro. O importante é ressaltar que doença mental não é sinônimo de loucura e sim de uma doença ou problema no cérebro, tal como quem tem diabete tem uma doença no pâncreas, quem tem doença mental tem uma doença no cérebro e igualmente quem tem dependência química também tem doença do cérebro. 

A relação entre dependência química e doenças mentais é bem próxima. Por exemplo, uma paciente em depressão tem duas vezes mais chances de ter problemas com uso de drogas. Por outro lado, os adictos à cocaína têm quarenta por cento de chances de se tornarem depressivos. Veja como um problema está bem próximo a outro. 

Não queremos levantar aqui a questão de quem veio primeiro: a dependência que causou o transtorno mental ou se foi o transtorno mental que casou a dependência química. Até porque na maioria das vezes é a dependência que desencadeia um transtorno no cérebro, pois a droga é como um desestabilizador do cérebro, tornando as confecções cerebrais confusas e desencadeando uma doença mental. 

O que queremos tratar aqui é a relação em se ter cura da dependência e, por consequente, uma saúde mental. Na Clínica de Reabilitação Prime trabalhamos com o auxílio de uma equipe altamente preparada, com o apoio de terapias em grupo ou individuais e atividades de reintegração.

Contato Rápido

Entramos em contato com você

 
Site produzido por: SITESP.NET